IMG-LOGO
Ultimas Noticias: Campanha Amigos da Floresta reduz área afetada por incêndios no Litoral Norte e Agreste Baiano 90 pessoas curadas saíram da lista do covid-19 em Camaçari, mas 43 novos casos positivos surgiram Feira de Matrículas das Escolas Particulares do Boulevard será online e gratuita para os colégios Bailarina do Faustão Carol Amaral marca presença no Boulevard Shopping este final de semana Sac Camaçari ganha 1h a mais e a partir de segunda (25) abre as 10h
Fechamento da Ford: Elinaldo pede reunião com Rui e critica ‘custo Brasil’
12/01/21 as 09:08 pm

 FOTO ANTES DA PANDEMIA

O prefeito de Camaçari, Elinaldo Araújo (Democratas), solicitou uma reunião com o governador Rui Costa (PT) para discutir o fechamento da fábrica da Ford no município, anunciado nesta segunda-feira (11). O prefeito afirmou que a perda será R$ 150 milhões por ano, destacou que irá buscar alternativas para a montadora e criticou o chamado ‘custo Brasil’.

“Já pedi uma reunião com o governador para tratar sobre isso. Vai impactar muito na nossa economia da Bahia, especialmente na região metropolitana, por isso, temos que nos unir. O momento é de deixarmos de lado as bandeiras partidárias e buscar medidas efetivas para atenuar a situação. Ainda temos essa questão do custo Brasil, essa carga tributária que tem sufocado as empresas”, afirmou o Elinaldo.

“Além da perda de 12 mil empregos, da Ford e das empresas que prestam serviços para a Ford, teremos ainda queda de arrecadação de ISS, ICMS, e isso vai impactar muito na nossa economia. Precisamos avaliar o que estado e município podem fazer para sanar isso e tranquilizar a população da Bahia e de Camaçari”, complementou o democrata.

O prefeito ainda lembrou que a Prefeitura de Camaçari lançou um amplo programa para atração de investimentos. “Aquilo que cabe ao município nós estamos facilitando, como a cessão de áreas, contanto que as empresas deem a contrapartida de que a maioria dos empregos fiquem na região. Temos boa estrutura e localização privilegiada”, ressaltou.