-
Quinta-Feira 26 de Novembro de 2020
 
 
A simples menção de discutir a volta às aulas em Camaçari desencadeia uma avalanche de criticas
01/08/20 as 01:33 am
Ver Notcia

A simples menção de discutir a volta às aulas em Camaçari desencadeia uma avalanche de criticas

A publicação nesta sexta-feira (31) de uma matéria no site Compartilha Bahia informando que o prefeito Elinaldo havia sugerido uma reunião na próxima semana para iniciar “planejar e organizar o protocolo unificado para retorno das aulas”,  provocou uma avalanche de criticas nas redes sociais por parte de pessoas que são contra o retorno das atividades educacionais nas escolas da Rede Municipal de Camaçari, pelo menos até que se tenha uma vacina para o coronavírus.

Da mesma forma uma publicação na página da prefeitura,  falando de uma reunião  ocorrida hoje onde aconteceu a criação do comitê intersetorial para organizar a retomada das aulas na rede com a presença de diversos secretários do município, junto ao prefeito, foi bombardeada por criticas semelhantes.

Veja a integra da matéria sobre a reunião enviada pela assessoria de comunicação da prefeitura:

Governo cria comitê para retorno das aulas em Camaçari


Nesta sexta-feira (31/7), o prefeito Elinaldo Araújo participou de uma reunião com representantes de algumas secretarias municipais com o propósito de alinhar as diretrizes que nortearão o plano unificado para a retomada das atividades educacionais em Camaçari. O encontro aconteceu na sala de reuniões da Secretaria do Governo (Segov).

Durante o diálogo ficou acordado a criação de um comitê intersetorial para organizar o retorno das aulas com responsabilidade, a fim de garantir a segurança dos estudantes. Na oportunidade, os gestores debateram sobre as recomendações sanitárias preventivas para o combate ao coronavírus, a higienização e desinfecção das unidades escolares, manutenção da infraestrutura e planejamento do calendário pedagógico.

Preocupado com a volta das atividades escolares, o chefe do Executivo aproveitou para fazer avaliação acerca do desempenho da gestão municipal durante a pandemia da Covid-19 e o cuidado para com os estudantes. “Conseguimos observar o que estava acontecendo no país e na questão pedagógica, nós estamos preparados. Montamos os comitês nas escolas, os alunos estão tendo as suas atividades, aqueles que têm acesso à internet, estão fazendo os exercícios on-line e os que não têm, quando recebem o vale merenda, também levam o material impresso e tem dialogado com a categoria educacional”, pontuou o prefeito.

Desta forma, o comitê envolverá os gestores das secretarias da Educação (Seduc), Neurilene Martins; da Saúde (Sesau), Luiz Duplat; do Governo (Segov), José Gama Neves; da Infraestrutura (Seinfra), Joselene Cardim; dos Serviços Públicos (Sesp), Armando Mansur; e do Desenvolvimento Social e Cidadania (Sedes), Andréa Montenegro. Cada pasta será responsável por contribuir na estruturação do plano, atendendo todas as diretrizes necessárias.

Ao longo da reunião, a gestora da Seduc, Neurilene Martins, explanou o seu posicionamento sobre a importância do governo municipal caminhar de maneira coletiva com o intuito de resguardar a vida dos estudantes e dos colaboradores da rede de ensino. “É preciso que nós tenhamos essa visão sistêmica para a gente seguir dialogando e ampliando esse comitê com a participação dos sindicatos dos profissionais de educação e também dos conselhos municipais; ao lado disso, nesse momento, também estamos dialogando com as famílias e os professores”, esclareceu a secretária, ao lembrar que na terça-feira (4/8), se reunirá com o secretário da Educação do Estado, e com representantes da pasta da Educação de outros municípios da RMS, para dar andamento à elaboração do plano de retomada das atividades educacionais de forma unificada.

O titular da Sesau, Luiz Duplat, reforçou que “em conjunto, poderemos desenvolver de maneira clara e objetiva o protocolo desse retorno para que as nossas crianças, os nossos estudantes voltem às atividades escolares, e eles, juntamente com os professores e demais servidores sintam-se em segurança”, explicou.

Também participaram do encontro, técnicos da Sesau e, representando o poder Legislativo, o presidente da Câmara de Vereadores, Jorge Curvelo e o vereador Elias Natan.

 
Foto: Tiago Pacheco

 
© Compartilha Bahia- Anuncie | Institucional | Política de Privacidade | Contato | Assine